quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

três é a conta que deus fez!


olá!
caríssimos, hoje venho propor uma nova reflexão, uma que até já vos deve ter ocupado a mente por tempo suficiente para perceberem que este estado de coisas não nos levará a lado nenhum, nenhum além daquele que é contrário à nossa pequenez, à nossa miseravel existência...
se trabalhar fosse da essência do homem, logo nos primeiros verbos da bíblia, da história da vida deste planeta,
sim, porque nos descendemos de outros aninais e esses não trabalham... já cheguei onde queria, porque é que a contemplação como ocupação, essa que era a superior ocupação entre os gregos, passou a ser entendida como desocupação? porque é que trabalhamos, se trabalhamos para a alimentar as nossas desnecessidades? porque é que dizem que esta geração é rasca e sai de casa muito tarde? porquê...?
um destes dias falava com o nosso mui querido infante e dizia isto mesmo, os nossos pais, esses irresponsaveis que nos deram vida, colocaram-nos em frente da miséria, da desgraça... agora temos que nos sustentar!
três é a conta que deus fez e reparem se não chega!?!
beijo e até já.

3 comentários:

  1. L´enfant Terrible, Fernando Jorgequarta-feira, janeiro 27, 2010 8:02:00 PM

    É verdade verdadinha, este tema é espectacular!!!

    Primeiro, eu não pedi para vir ao Mundo, esses insanos que se protegessem e se divertissem à mesma, no fim sou o produto da diversão desses malandros que não gostavam de trabalhar!
    Segundo, tendo em conta o primeiro, porque não me financiam eles vitaliciamente? Quem foi o ignorante que inventou a maioridade, como isso fosse de maturidade? Já agora, definam-me maturidade, porque me parece ainda hoje um conceito relativo! E porquê aos 18 anos, quando sintia-me perfeitamente capaz de levar a adolescência até aos 50 anos?
    Já agora expliquem-me esse clichê, "o trabalho dignifica" quando o trabalho não é mais que uma necessidade de obter algo para para depois trocar por outro algo? De onde vem esse ditado o "trabalho dá saúde"? Sendo assim que trabalhem os doentes porque o médico nunca me receitou trabalho para me curar de uma gripe!!! É parvalheira total desses pseudo-idealistas!!!

    Acho que disse de minha justiça, parece-me! Relembrem-me algo em falta!!!

    ResponderExcluir
  2. Boas... parabens ao blog e continuação de boas postagens!

    convido te a visitares e seguires- altitude1995.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. este post é mesmo a tua cara, mas vai trabalhar malandro! se queres ser pai solteiro na lezíria, trabalha para isso.

    ResponderExcluir